Nova lei nos EUA ajuda calçadistas

 

Nova lei nos EUA ajuda calçadistas

28/09/2018

Nova lei de comércio exterior dos Estados Unidos, sancionada pela Casa Branca há duas semanas, deve beneficiar exportadores brasileiros de calçados. Em 13 de outubro, entra em vigor a lei “Miscellaneous Tariff Bill Act of 2018″, que prevê a redução de tarifas de importação para mais de 1,6 mil produtos, dentre eles, calçados.

A lei tem vigência prevista até 31 de dezembro de 2020, mas o governo americano pode encerrar o benefício antes do prazo, se julgar necessário. A lei reduz tarifas para 40 categorias de calçados, incluindo sintéticos, de couro, de tecidos e de segurança. As tarifas, até agora, variavam de 6% a 37,5% sobre o valor do calçado.

No caso do Brasil, 60% dos calçados exportados aos EUA serão isentos de tarifas, disse ao Valor Priscila Linck, coordenadora de Inteligência de Mercado da Abicalçados. Os demais 40% tiveram as tarifas reduzidas. “Com as medidas, os calçados brasileiros chegarão ao varejo americano mais baratos. Isso pode melhorar a negociação dos fabricantes brasileiros”, disse Priscila.

Valor Econômico